Dicas para viver com segurança e tranquilidade

Com o início do novo ano letivo, as crianças que ingressaram na escola primária começam uma nova vida com muitas expectativas. Mas o que fazer em caso de emergência?

No Japão, as crianças também são vítimas de sequestros, molestamentos ou ações de adultos mal intencionados, por isso é muito importante orientar, informar, ensinar a proteger-se  como também ensinar como procurar ajuda, se necessário. A escola e a polícia orientam crianças, principalmente do curso primário. Os pais também devem reforçar estas preciosas orientações.


Normalmente os casos ocorrem:

○Das 2 horas da tarde até 6 horas da tarde.

○No caminho de volta da escola para casa ou na ida e volta de cursos extra-escolares.É necessário um cuidado maior quando as crianças estão sozinhas.

Como se proteger de pessoas mal intencionadas? A palavra que serve de lembrete para proteção das crianças é :  

TSUTsuite ikanai (Não acompanhar a pessoa desconhecida) – Mesmo que venha puxar conversa, não se deve acompanhar uma pessoa desconhecida.

MIMinna to issho (Ficar sempre com os amigos) – Não brincar sozinho.

KIKichinto shiraseru (Avisar sem falta para alguem da família) – Se acontecer alguma coisa avisar sem falta.

OOogoe de tasuke wo yobu – (Pedir o socorro em voz alta)

NINigeru (Fugir) – Caso sentir o medo ou perigo fugir imediatamente.

Procure o “Kodomo Hyakutoban no ie”!

O que é? As casas ou estabelecimentos com o selo ao lado, são postos de segurança onde as crianças podem buscar socorro em caso de emergência.  Nas casas ou estabelecimentos com este selo, sempre há alguém no local que possa acolher a criança e efetuar a chamada à polícia.

Normalmente as lojas de conveniências ou estabelecimentos comerciais localizados no trajeto escolar servem de postos de segurança.

Procure caminhar nas redondezas de sua residência junto com a criança para conferir os locais dos postos, conversando e explicando sobre os riscos e de como proceder em caso de emergência.

Outra forma de proteger as crianças, são os alarmes pessoais, chamados “Bohan Buza”. São pequenos alarmes que emitem um som estridente que as crianças podem portar consigo

Se você estiver na rua e perceber uma situação suspeita entre uma criança e um adulto, só pergunte: Daijobu? Ou então,cumprimente: Ohayou gozaimasu! Se houver segundas intenções do adulto, ele logo se afastará.

*Procure fazer a criança cumprir as regras, pequenos cuidados podem evitar grandes arrependimentos.